escolha a versão HTML

votos
16

Ao desenvolver um novo aplicativo baseado na web que versão do HTML que você deve apontar para?

EDITAR:

legal eu estava apenas tentando ter uma idéia de outras pessoas que tendem a usar XHTML 1.0 Strict no meu próprio trabalho e de Transição quando os outros estão envolvidos na criação de conteúdo.

I marcou o primeiro post de Transição XHTML 1.0 como a 'resposta correta', mas acredito firmemente que todas as respostas dadas nesse ponto onde igualmente válidas.

Publicado 06/08/2008 em 17:40
fonte usuário
Em outras línguas...                            


14 respostas

votos
25

HTML 4.01. Não há absolutamente nenhuma razão para usar XHTML para nada, mas problemas experimentais ou acadêmicos que você só deseja executar os navegadores web 'obscuros'.

XHTML Transitional é completamente inútil até mesmo para esses navegadores, então eu não sei por que alguém iria apontar para isso. É realmente muito alarmante que um número de pessoas recomendaria isso.

Eu diria apontando para HTML 4.01 é a mais previsível, mas Teifion é certo realmente, "qualquer coisa que torna sua página vai fazer".

em resposta a Michael Stum :

XHTML é baseado em XML, por isso facilita a análise e você também pode usar os Componentes de XML da maioria dos IDEs para consultar programaticamente e inserir o material.

Isso certamente não é verdade. Um monte de XHTML na web (se não a maioria) não se conforma com validade XML (e não precisa - ele não está sendo enviado como XML). Tentando tratar isso como XML quando se lida com ele só vai ganhar um monte de dores de cabeça. Esta página em Stack Overflow, por exemplo, irá gerar erros com muitas ferramentas XML implacáveis ​​por ter inválido mark-up.

Respondeu 06/08/2008 em 18:10
fonte usuário

votos
8

Transitórias sabores de XHTML e HTML estão obsoletos. Eles eram destinados apenas para user-agents antigos que não suportam CSS . Veja explicação no DTD .

W3C aconselha que você deve usar estrita sempre que possível, e nos dias de hoje é certamente possível.

versão de transição já foi removido em XHTML / 1.1 e HTML5.


XHTML / 1.0 tem exactamente os mesmos elementos e atributos (semântica) como HTML4. A especificação XHTML / 1.0 nem sequer especificar quaisquer elementos! Para qualquer outra coisa do que a sintaxe, refere-se HTML4.

Além disso, você será incapaz de usar qualquer recurso do XHTML que não está disponível em HTML (namespaces, DOM XML) se você enviar documentos como text/html, e unfrortunately que é necessário para compatibilidade com IE e outros navegadores apenas HTML.

Em 2008, a escolha correta seria HTML4 Strict:

<!DOCTYPE HTML PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 4.01//EN" "http://www.w3.org/TR/html4/strict.dtd">

mas a partir de 2016, há apenas uma versão do HTML que importa.

 <!DOCTYPE html>
Respondeu 11/10/2008 em 13:55
fonte usuário

votos
7

Eu atirar para XHTML Transitional 1.0. Há ainda algumas nuances lá fora, que não gosta XHTML estrito, e a maioria dos editores que eu vi agora vai lhe dar os toques adequadas para se certificar de que as coisas são feitas direito.

Respondeu 06/08/2008 em 17:43
fonte usuário

votos
3

Há algumas convincentes advertências sobre o uso de XHTML, centrando principalmente em torno do fato de que o mime-type para tal documento deve ser enviado como:

Content-type: application/xhtml+xml

No entanto, o IE 6 e 7 não suportam este, em seguida, sites devem enviá-lo como:

Content-type: text/html

Infelizmente esse método é considerado nocivo .

Alguns também lamentam o fato de que, embora a intenção de XHTML é fazer com que as páginas web parsable por um parser XML, tem na prática falhou devido a uso incorreto em sites existentes.

Eu ainda prefiro escrever documentos em XHTML 1.0 Strict, principalmente por causa do desafio, ea limpeza e verificação de erros que um validador dá. I desfrutar da sintaxe um pouco melhor, porque me obriga a ser muito explícito quando as tags final, etc. É mais para mim uma escolha pessoal do que puramente técnico.

Respondeu 21/08/2008 em 17:46
fonte usuário

votos
3

@Mike:

Embora concorde que a validade não é necessário para fazer uma página render (afinal de contas, nós temos que manter a compatibilidade com o IE6 em ...), criando XHTML que é compatível e válida não é um problema. Os problemas começam quando as pessoas são usadas para HTML 4 e usando as tags depreciados e atributos.

Só porque a Web é um monte de porcaria não significa que cada nova página precisa ser um monte de porcaria também. A maioria dos erros de validação no SO são tão trivial, não deve demorar muito para corrigir, como aspas faltando em atributos.

Mas ele ainda pode ser uma espécie de inútil, dado o fato de que o W3C não tem idéia de onde eles querem ir de qualquer maneira (ver HTML 5) e uma determinada empresa navegador grande que também faz com que os sistemas operacionais não se importa também, assim um site poderia também enviar a sua doctype como HTML 1337 suga e navegadores ainda tentará torná-la.

Respondeu 06/08/2008 em 21:27
fonte usuário

votos
2

Dillie-O é em frente com sua resposta de XHTML 1.0 Transitional mas gostaria de sugerir atirando para XHTML 1.0 Strict e só caindo para trás em Transitional se há algum pedaço de funcionalidade que é absolutamente necessário que o estrito não está permitindo.

Respondeu 06/08/2008 em 17:46
fonte usuário

votos
1

Se você tem ferramentas para gerar o seu XHTML como qualquer outro documento XML, em seguida, ir com XHTML. Mas quando você acabou de usar modelos de texto simples concatenação de texto, etc. você está OK com boa HTML idade 4,01.

Browsers agora começar a apoiar este padrão de 10 anos de idade.

Importante: Evite ser chamado de bozo ao produzir XML

Respondeu 10/01/2010 em 13:08
fonte usuário

votos
1

Se você quiser usar XHTML 1.0, de forma compatível com HTML, isso é bom. No entanto, note que o validador do W3C e as DTDs XHTML não sabe nada sobre tipos MIME e como os navegadores se comportam de forma diferente (como <map> nome / correspondência id) entre eles. As DTDs não sabe nada sobre o quão bem os navegadores suportam certos elementos (como <embed>, por exemplo) também.

O que isto significa é que o XHTML DTDs e o validador não refletem a realidade e tentar cumpri-las é inútil.

Se você quiser usar XHTML só assim você pode fechar certos elementos com /> (onde html-compatível), basta usar HTML5 marcação (para que o navegador está em modo de normas completo). HTML5 permite o uso de /> de uma forma compatível com HTML (da mesma forma compatível com HTML você tem que fazê-lo ao usar XHTML 1.0 marcação com text / html). Em seguida, basta ficar com o que funciona (você sabe melhor do que alguns DTD) em navegadores.

<!DOCTYPE html>
<html lang="en">
    <head>
        <meta charset="utf-8"/>
        <title></title>
    </head>
    <body>
        <p>Line1<br/>Line2</p>
        <p><img src="" alt="blank"/></p>
        <p><input type="text"/></p>
        <p><embed type="application/x-something" src=""/></p>
    </body>
</html>

Em seguida, use http://validator.nu/ para se certificar de que está bem formado, pelo menos.

Respondeu 11/10/2008 em 15:21
fonte usuário

votos
1

Eu sou tudo para XHTML Strict cada vez. Eu acredito fortemente que HTML deve ser mais como XML. Não é difícil para validá-lo se você sabe XML e validação iPoints-lo no caminho certo da W3 qualquer maneira.

XHTML 2.0 está caminhando em direção ao que o W3 foram destinadas para por um longo tempo - a web semântica. O melhor benefício de XHTML 2.0 para mim é que cada página conformant na web será compreensível, como conteúdo, ou um artigo (para isso é o que as páginas são - documentos) becuase todos eles aplicar o mesmo padrão. Você, então, ser capaz de construir intepreters (ou seja browsers) que apresentam o conteúdo de uma forma completamente diferente - não há literalmente milhares de idéias esperando aqui.

Respondeu 21/08/2008 em 16:54
fonte usuário

votos
1

Qualquer coisa que torna a sua página é vai fazê-lo, independentemente de qual padrão popular que você usa. XHTML é mais rigorosa e, provavelmente, "melhor", mas eu não posso ver quais as vantagens que você vai ficar com um padrão sobre o outro.

Respondeu 06/08/2008 em 17:43
fonte usuário

votos
0

Eu não acho que realmente importa se você usa XHTML ou HTML. O objetivo final aqui é ter baixa manutenção e desenvolvimento rápida através de uma prestação previsível. Você pode obter isso de usar xhtml ou html, contanto que você validar código. Eu mesmo ouvi argumentos que é melhor para direcionar modo de peculiaridades, porque novas versões de navegadores não alterar o modo de peculiaridades, por isso a manutenção é fácil.

No final, tudo se torna tag sopa, por uma boa razão, porque recebendo desenvolvedores de aplicativos web para escrever html livre de erros significa pedindo-lhes para escrever código livre de bugs. Validadores são nenhuma ajuda, porque eles só validar o ponto de vista inicial página. É também por isso que eu nunca vi o ponto em XHTML servido como XML para qualquer coisa além sites estáticos. O nível de arrogância um desenvolvedor de aplicações web precisa ter para servir o seu aplicativo web como XML é impressionante.

Respondeu 11/10/2008 em 15:54
fonte usuário

votos
0

Eu aponto para XHTML 1.0 Trans. É melhor se conformar assim quando bugs são corrigidos em todos os navegadores que você não vai de repente estar trabalhando contra o relógio tentando descobrir o que realmente precisa mudar.

Na minha opinião 1.1 é borked e 2.0 foi quebrado em pedaços: Eu realmente preciso / quero uma tag de cabeçalho / rodapé?

Respondeu 06/08/2008 em 21:20
fonte usuário

votos
0

Pessoalmente, eu prefiro XHTML 1.0 Transitional.

XHTML é baseado em XML, por isso facilita a análise e você também pode usar os Componentes de XML da maioria dos IDEs para consultar programaticamente e inserir o material.

De transição não é tão rigorosa como estrita, o que torna relativamente fácil de se trabalhar, em comparação com estrita que muitas vezes pode ser um PITA. Comparação entre Transistional e Strict

1.0 é "mais compatível" do que 1.1 e 1.1 parece ser ainda sob algum tipo de desenvolvimento.

Respondeu 06/08/2008 em 17:44
fonte usuário

votos
-1

HTML 4.0 Strict, ou ISO HTML.

Respondeu 17/10/2008 em 19:24
fonte usuário

Cookies help us deliver our services. By using our services, you agree to our use of cookies. Learn more